• Sexsência

21 Alimentos afrodisíacos para apimentar o sexo

Marianna Kiss


Quem nunca preparou uma surpresa naquele motel dos sonhos e levou uma cestinha com morangos, chantily, amendoim e castanhas para beliscar entre um round e outro? Hein? Hein?


Ah! Você é do tipo que fica com vergonha e prefere ostentar pedindo um jantar ou um caprichado café da manhã ao acordarem e, na verdade, você comeu os amendoins e companhia antes de encontrar a parceria para chegar chegando a ponto de bala. Acertei?!


Eu compreendo perfeitamente, justo porque eu já consumi muito alimento afrodisíaco antes de sair de casa para um encontro, simplesmente porque seguia todas as recomendações de meus ancestrais transantes... O que eu não sabia é que tudo o que eles falavam eram de verdade pra valer e eu tirei todas as minhas dúvidas sobre o assunto com a nutricionista Taissa Müller numa live do Sexsência.



Imagem de Joakant

Taissa atua na área desde 2005 e deu várias dicas legais para apimentar o sexo com uma alimentação equilibrada onde você pode incluir alimentos como:


Ostra: Taissa falou muuuuito da propriedade afrodisíaca das ostras, justo por elas serem ricas em zinco e, por isso, aumentarem a produção de testosterona e reduzirem a de prolactina (hormônio que está ligado à impotência sexual). Mas, olha só... Caso você ache um jantar de ostras muito caro, nem pense em substituir por outros frutos do mar porque nenhum dos demais são afrodisíacos. Espertinha! Pensa que não te saquei enrolando que camarão te faz subir pelas paredes só pro maridão sair correndo para uma peixaria e te deixar em casa sozinha vendo seus pornôs prediletos?! Risos;


Ovo: seja ele de galinha ou codorna, são símbolos da fertilidade. É rico em proteínas que nos deixam mais energizados, além de conter vitamina B6 que ajuda a equilibrar os hormônios. Agora eu já sei o que comer durante a TPM (sem contar que esse aí eu posso comprar sem chorar);


Maca peruana: muito conhecida como o “Viagra dos Incas”, é um vegetal crucífero (contém propriedades que reduzem o risco de câncer) nativo da região andina do Peru. O consumo do tubérculo deve-se ao seu valor nutritivo, ao seu conteúdo fitoquímico (isotiocianato metoxibenzílico) e suas propriedades etnomedicinais (conhecimento popular) que estariam relacionadas à fertilidade e à vitalidade por melhorar a circulação sanguínea na zona pélvica, tanto masculina quanto feminina, o que foi comprovado, em 2010, em um estudo publicado na revista CNS Neuroscience & Therapeutics. Além disso, a maca é muito rica em vitamina C e B3 que também dão um up na nossa energia e auxiliam no alívio de disfunções sexuais causadas pelo uso de medicamentos antidepressivos. Os incas acreditavam que a maca ainda melhorava o fluxo dos espermatozoides.


Vinho tinto: bem cara de romance italiano, né?! E foi exatamente lá que cientistas da Universidade de Florença afirmaram que um bom vinho tem tudo a ver com sexo, pois ele aflora o desejo sexual. Deve ser porque deixa nossa imaginação mais soltinha, pois não?!


Amendois: aumenta o fluxo sanguíneo para os órgãos genitais e é fonte de argilina, o que contribui para uma boa intumescência, seja ela peniana ou clitoriana. Além de conter niacina (uma vitamina do complexo B) com ação vasodilatadora;


Catuaba: quem nunca colocou uma garrafa de catuaba debaixo do braço e foi à luta sexual durante o carnaval? Não minta pra mim, hein. As cascas da trichilia catigua, ou seja, da catuaba como a conhecemos, apresentam os seguintes efeitos na atividade sexual masculina: vasodilatação do pênis (de modo similar ao sildenafil, ativo do Viagra) e atuam nos neurônios dificultando a receptação dos neurotransmissores serotonina e dopamina, atuando como um antidepressivo natural e revigorante físico. Entendeu agora porque seu avô vivia se entupindo de catuaba?


Tribulus terrestris: é uma planta que estimula o aumento da produção de testosterona e seu fruto contém saponinas esteroidais que turbinam uma variedade de atividades físicas, incluindo o desempenho sexual;


Ginseng: facilmente encontrado em diversos suplementos alimentares. Ele ajuda na liberação de óxido nítrico (NO) e de guanosina monofosfato cíclico, substâncias essenciais à ereção peniana;


Linhaça: é uma semente rica em fitoestrógenos e ligninas, ajudam no equilíbrio dos níveis hormonais;


Café: Taissa recomenda café para o sexo justo porque é ativa o sistema nervoso, o que nos deixa a postos para o sexo;


Chocolate: super romântico, ele aumenta a produção de serotonina (o hormônio do bem-estar), possui um estimulante chamado alcaloide que nos dá mais energia e libido e contém magnésio, que nos proporciona a sensação de relaxamento para criarmos um climão bacana para o sexo;

Sementes de abóbora e de girassol: a primeira é fonte de zinco, mineral que aumenta os níveis de testosterona e, a de girassol é rica em óleos que potencializam os hormônios sexuais;


Aveia: além de elevar os níveis de testosterona, ainda é capaz de aumentar o fluxo sanguíneo na região do clitóris, o que estimula o desejo sexual;

Pimenta: eu amoooooo! Ela é um tempero picante super popular em vários lugares do mundo e ajuda esquentar a relação, isso porque acelera o metabolismo e causa uma excitação a mais.


Agora segue o nosso ranking de frutas:


Abacate: esse aí encabeça a lista e foi dito e repetido várias vezes pela Taissa. Estudos científicos provam que a vitamina E, presente na fruta, aumenta consideravelmente as chances de uma mulher engravidar, além de melhorar as funções dos órgãos sexuais femininos como um todo. Eu tenho um abacateiro aqui em casa, vai um aí?


Cranberry: embora não seja comum a nós, brasileiros, essa singela frutinha aumenta o desejo e nos dá mais disposição para o sexo;


Mirtilo: esse aí é super, ultra, power recomendável para os homens, justo porque contém substâncias que ajudam a dilatar os vasos sanguíneos e eu canso de repetir aqui no Sexsência que a intumescência peniana ocorre porque seus corpos cavernosos se enchem de sangue. E, quanto mais sangue, melhor e mais prolongada será a ereção;


Banana: essa danadinha aí não é afrodisíaca porque estimula sua imaginação por se parecer com um pênis ereto. Ela é fonte de nutrientes diversos, super trabalhada nas vitaminas do complexo B e na enzima bromeliade, que colaboram para o aumento do desejo sexual masculino;

Tangerina e laranja: ricas em folato que regula o nosso humor e nos atiça para uma noite de sexo. Eu sou fã de laranja e chupo uma todos os dias e você?


Figo: não só de morangos se faz uma boa cena sexual, o figo tem um aroma muito instigante e sua textura é considerada sensual;


Morango: é o símbolo maior da sensualidade e está sempre presente naquele piquenique romântico... sabe... como afrodisíaco ele pode ser usado nas preliminares e a vitamina C presente nele melhora muito o fluxo sanguíneo.


Agora fiquei na dúvida... não sei se é melhor investir numa boa cesta de frutas ou se vendo o Sexsência para me alimentar de ostras... O que você acha?!



Taissa Muller



#alimentosafrodisiacos

#alimentacaoafrodisiaca

#taissamuller

#nutricao

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo