• Sexsência

4 passos para driblar a timidez com o gato da vez

Por Marianna Kiss


Você passou por todas as etapas que um ser humano é obrigado a superar para assumir a homossexualidade. Passou pela crise de autoexistência seguida por uma de autoconhecimento e enfrentou bullying e as próprias cobranças, fugiu da realidade, mas não teve jeito. Dividiu as dúvidas com os amigos, ganhou a rejeição de alguns e o orgulho de outros. Encarou a família e finalmente contou aos pais. Chorou porque doeu. Mas você finalmente saiu do armário e sobreviveu. Você está leve e muito mais feliz vivendo a rotina que lhe pertence. Começou a frequentar espaços homossexuais para paquerar à vontade e sem medo. Daí passou a ter a certeza de que aquele gato que você estava a fim também é. Agora é a hora, mas... Você ainda precisa encarar outra vilã... Interno... Grudado em suas veias e que lhe impede de dar o primeiro passo: a timidez.


Ai... Que sentimento difícil. Eu diria que é uma característica de personalidade que ferra com a situação toda. O seu gato pode encarar como um charme caso ele esteja a fim de você e perceba o seu interesse. Mas quando isso não acontece há grande risco de você não conquistá-lo e perdê-lo para outro homem mais ousado ou que saiba lidar com a timidez.

Digamos que o bofe se deu conta e chegou junto, lhe poupou o trabalho do primeiro passo e marcou o primeiro encontro. Vocês assistiram a um filme, saíram para jantar e ele te levou a um lugarzinho mágico mais reservado. Mão aqui e ali e tiraram a roupa. O tesão foi lá em cima, mas você... Ai você... Não conseguiu o melhor de si e deixou muito a desejar. Permitiu-se ser tomado pela timidez e colocou sua chance no paredão. No dia seguinte esbarrou com o carinha, mas ele não te deu a mínima bola. E agora? Qual é a saída para isso?!

Calma. Não entre em pânico. Eis que você me tem em sua vida com meu talento de especialista em sexualidade para a dica do dia. Eu vou lhe transmitir o que eu faço nas minhas relações pessoais.


1 - Para início de conversa assista a qualquer filme com o Antonio Banderas ou George Cloney. No meu caso eu assisto aos filmes com a Angelina Julie. Mesmo que o filme não seja romântico, preste atenção no olhar deles, no gingado, na atitude. O melhor remédio para a timidez é o teatro. Encene. Torne-se outro, mesmo que momentaneamente. E eu garanto que se você praticar isso diariamente em pouco tempo já terá superado essa característica chatinha em sua vida.


2 - Surpreenda o gato com um convite inusitado. Pegue-o de carro em casa à La Richard Gere. Você tem algo a perder? Sim! O bofe! Mas isso não vai acontecer e sabe por quê?! Porque hoje você é outro homem. Um homem audacioso nem que seja só por hoje. E o hoje é a sua única chance. É a sua única opção. O único caminho. Ou é isso ou você volta se esconde num armário de verdade e dá carta branca para sua timidez evoluir para covardia.



3 - Conseguiu?! Que bom! Eu confiava e vou continuar confiando no seu taco, garoto!

Parabéns! Mandou bem! Agora cama! Isso mesmo! Conserte aquela imagem de um sexo mais ou menos. Uma relação sem vontade onde você abafou o seu tesão com o travesseiro da timidez.

Faça da cama o seu palco e do sexo o seu espetáculo de arte. Atue como o mais voraz dos amantes, o mais romântico dos amados e o mais voraz dos vilões das histórias de terror que acabam na cama. Não existe filme assim? Então invente o seu. Seja o herói ou qualquer outra fantasia que sua plateia de um único homem (ou não) deseje.


4 - Seja o que você sempre quis ser, mas nunca teve coragem. Vista o seu personagem e inclua-o no roteiro chamado “a hora é agora” ou “sua última chance”. Faça dessa ficção sua realidade diária. E depois me conta. A garantia de sucesso é de 99%. E não fique com medo de levar um “não” no momento do convite. Se o bofe não lhe der uma segunda chance então parta para outro! O mundo é cheio de possibilidades para os que têm atitude.


Como especialista em sexualidade eu atendo dúvidas sobre:

identidade de gênero, orientação sexual, autoestima e disfunções e inadequações sexuais, de segunda a sábado on line e você pode me procurar no sexsencia@yahoo.com.


Ah! Me acompanhe também nas redes sociais, no Instagram estou como @sexsencia e @mariannakisskiss e no youtube.com/sexsencia.

#passosparaoamor #passosparaosexo #amoresexo #sexocasual #paixao #driblaratimidez #superaratimidez #timidez


Eu fico por aqui, gratidão por me ler, cópula a tergo e muita intumescência para o seu dia.

Marianna Kiss

Photo by christian buehner on Unsplash

0 visualização

Quanto o nosso conteúdo modificou a sua vida?

A Equipe Sexsência é composta por 6 profissionais que dão seu máximo para a produção de conteúdo nas redes sociais, nas matérias da revista e na produção das lives com entrevistados. 

Nós trabalhamos de forma colaborativa e sem pro labore. 

Apoie o nosso trabalho para que continuemos levando a você conteúdo de qualidade com muita criatividade. Basta apontar o leitor de QR Code de seu celular para contribuições pontuais ou escolha nosso crowdfunding mensal. 

© 2020 by Sexsência

Crowdfunding

Em breve