• Sexsência

Dias sem cor

Boca seca, mãos tremulas, insônia, medo.

Uma vontade incontrolável de chorar. Querer estar perto o tempo todo. Culpa! Insegurança! Quem nunca?!


Sim, hoje vamos falar um pouquinho sobre as inseguranças que a vida nos trás, embora saibamos que existem aquelas que nós mesmos vamos atrás. Não é nada fácil ter de lidar com ela, principalmente quando o assunto é o nosso corpo e os tabus que nos rodeiam e quando falamos dos assuntos do coração então... Ele é líder entre todos os sentimentos no início de uma relação. Hoje me encontro no início de uma relação e aqui entre nós, não tá sendo muito fácil pra mim. Eu sei que eu sou a pessoa que sempre

digo "para estarmos bem com alguém precisamos antes estar bem com nós mesmos". Porém, isso não quer dizer perfeição. Existirão dias que você não estará nada bem. Assim como eu estou hoje. No momento, cara (o) leitora (o), estou desabafando com você. Não esperava que nesse momento onde passo por um imenso tratamento hormonal conheceria alguém e que nesse exato momento todas as minhas inseguranças viriam à tona. Lágrimas, angústia, agonia... É disso que vem sendo os meus dias. Medo de não ser ideal, medo de não ser boa o bastante. E, mesmo que eu saiba que alguns medos são bem comuns, eu não estou sabendo lidar.


Foto de Emre Kuzu no Pexels


É isso mesmo, eu Vanne Costa, estou passando por um momento de insegurança. E o

que eu quero com isso? Bem, mostrar pra você, minha (eu) cara (o) que lá no fundo, eu sei que apesar de tudo isso, tá tudo bem!


Isso mesmo! Tá tudo bem! Eu sei que parece que o meu mundo tá desabando, eu sei que parece que o seu mundo tá desabando. Mas, na real? TÁ TUDO BEM!


Eu não ignoro a minha insegurança. Eu a aceito, convivo com ela. As vezes surto no nível hard. Mas, essa sou eu, dias bem, dias mal. Subindo e descendo, indo e vindo. Não me cobro perfeição. Fico angustiada, choro, respiro e olho a minha volta. E sabe o que eu encontro quando olho em volta? Uma imensa rede de apoio de pessoas que nunca me negam ajuda e carinho. Você deve estar aí falando "mas Vanne, eu sou sozinha (o) e não tenho essa rede."

Deixe-me te contar um segredinho, você tem! E essa rede de apoio se chama Sexsência. Não somos só uma revista, somos uma família que emana amor e respeito. E aqui sempre tem espaço para mais um. Aqui você terá o apoio que precisa. Aqui você dá altas gargalhadas, tem muita informação e entende que se amar é muito mais do que por um batom vermelho e cair na balada. Se amar é entender que terão dias que você não vai gostar de você mesma e que assim como eu se sentirá insegura para iniciar uma relação afetiva ou qualquer outra coisa que seja nova. Mas, o importante é que mesmo com medo, vá! E viva! Chorando ou sorrindo você não estará sozinha (o).

Lembre-se sempre disso.

Com carinho...

Vanne Costa.



#mulher

#sexsencia

#borafalarsacanagem

#vannecosta

#mulhergorda

#autoestimafeminina

#prazerfeminino


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo