• Sexsência

Drag-se

Por Lorrayne Lovely


Vivemos no mundo em que acredito que o normal e correto seria sociedade evoluir a medida que o tempo vai se passando, mas, infelizmente não é isso que vejo. Cada vez que eu penso que a humanidade vai para frente me deparo com ações que nos levam mil anos para trás. Acho que ainda não estamos preparados para o novo o melhor, para o que sempre existiu, mas só agora está sendo exposto sem medo de repressão.


Por que escrevo isto? Porque acredito que o mundo seria tão mais bonito se as pessoas fossem como as DRAG QUEENS. Sim! Como nós... Imagina encarar a vida com muito brilho, luxo, glamour, extravagância e um belo par de cílios?! Quando digo brilho, não é em relação a se tornar o centro das atenções, mas sim saber puxar para si os holofotes certos do seu show, da sua história e ter orgulho dela.


Quando digo luxo, não me refiro a dinheiro, e sim ao luxo de ser o que se é. Quando digo glamour e extravagância, não me refiro a egoísmo e prepotência, mas sim a saber respeitar a história dos outros e fazer com que respeitem a sua, pois nenhuma é mais importante que a outra. Poucas pessoas têm a oportunidade de serem alguém de verdade, porque o mundo ainda insiste em ser de mentira. Eu, como artista transformista, já fui muito criticado por pessoas que acham que meu trabalho não leva ninguém a lugar nenhum, por pessoas que não acreditam na minha arte, mas, no fundo se divertem comigo em cena. Quantas pessoas já criticaram minha forma de trabalhar, mas, quando me viram, aplaudiram e sorriram muito.



O nome disso? Medo! Medo talvez de acreditar num belo sorriso, medo talvez de encarar a família, a religião e etc. Imagine se cada um colocasse pra fora todo seu lado drag queen? O mundo seria muito mais leve, colorido e sorridente. Fazemos arte e, devido a isso estamos em constante transformação. Como artistas estamos dispostos a encarar essa evolução com uma bela produção, uma incrível maquiagem, uma invejável peruca, o maior salto do armário e tudo isso ao som da rainha Cher.


Por que não fazer o mesmo? Por que não viver sua vida sem medo do que os outros vão pensar? Por que não olhar somente para frente com a certeza de que não está fazendo mal a ninguém? Por que não viver intensamente como acha certo? Por quê?


São tantas perguntas, que a gente até fica tonto. Mas, tudo para tentar andar no caminho certo. Para não ser julgado, pois são tantos dedos apontados para nós que já acordamos com medo do que vão dizer. E se dermos um basta nesse mundo preto e branco que a gente vive e nos espelharmos em nós drag queens trazendo mais cor e purpurina para nossos dias?


Tenta! Vamos ver o que vai acontecer. Permita-se se dar ao luxo de colorir seus dias sem se preocupar com a cor que o outro pinta dele. Permita-se ser de verdade para que o outro possa se espelhar fazer igual. Não há mal em tentar assim como nós drag queens que apenas tentamos fazer um bom show, tentamos ter uma produção impecável, tentamos arrasar na dublagem, tentamos não cair do salto. Nem sempre é perfeito, nem sempre dá certo, mas a gente sempre tenta, pois o segredo do nosso mundo é tentar. E, se não der certo a gente faz tudo de novo, o que importa é ser feliz e não deixar a peruca cair, é claro. Risos.


Beijinhos da maior drag queen do Brasil,

Lorrayne Lovely

0 visualização

Quanto o nosso conteúdo modificou a sua vida?

A Equipe Sexsência é composta por 6 profissionais que dão seu máximo para a produção de conteúdo nas redes sociais, nas matérias da revista e na produção das lives com entrevistados. 

Nós trabalhamos de forma colaborativa e sem pro labore. 

Apoie o nosso trabalho para que continuemos levando a você conteúdo de qualidade com muita criatividade. Basta apontar o leitor de QR Code de seu celular para contribuições pontuais ou escolha nosso crowdfunding mensal. 

© 2020 by Sexsência

Crowdfunding

Em breve