• Sexsência

Que florzinha mais linda

Por Vanne Costa


E aí meus transantes?! Como andam as coisas por aí? Espero que bem e também que, mediante a tudo que estamos passando nesse período de atenção, vocês estejam se cuidando. Na edição passada falamos sobre a nossa tão amada siririca. Eu recebi algumas mensagens de amigas agradecendo pelo texto. Bem, eu é que devo agradecer a vocês por estarem aqui me acompanhando. E gostaria de seguir esse caminho e contar uma pequena história...

Era uma vez, em um reino muito distante chamado Rio de Janeiro vivia uma plebeia em um pequeno povoado chamado Duque de Caxias... Risos. É! Essa história é sobre a minha pessoa.


Há um tempo, uma seguidora se queixou comigo no meu Instagram (@vanne.costa) o quanto ela gostaria de fazer uma cirurgia plástica na sua florzinha. E eu, prestativa como sempre, dei a atenção que ela precisava naquele momento. Fiquei extremamente incomodada quando ela me escreveu as seguintes palavras:


"Minha perereca é feia e tem uns lábios muito grandes. Ela é toda pra fora e parece que está deformada."



Então, eu perguntei porque ela pensava daquela forma, e ela respondeu:

"Meu namorado sempre diz isso pra mim quando vamos pra cama. Ele não me chupa por dizer que a minha perereca é feia e isso acaba deixando-o com nojo. Por isso, eu preciso fazer essa cirurgia antes que ele me largue. Nem siririca eu gosto de tocar mais porque me sinto mal, tenho nojo de tocar em mim mesma."


Confesso a vocês, meus caros leitores, que o meu sangue ferveu naquele momento. A minha vontade era entrar na tela daquele celular, sacudi-la pelos ombros e dizer:


“MULHER ACORDA! NÃO TEM NADA DE ERRADO COM A SUA PERERECA!”


Entretanto, respirei fundo. Percebi que aquela mulher estava totalmente deprimida e mal com toda aquela situação e era nítido que ela vivia numa relação abusiva, logo, gritar não resolveria absolutamente nada. Então, perguntei a ela como se sentia antes do relacionamento. E a resposta já era esperada:


"Sinceramente, não me recordo, mas lembro que não tinha nada de errado com a minha vulva."


Cuidadosamente, eu pedi para ela deixar todas as redes sociais e esse assunto de lado por um único dia e que nesse dia ela iria se dedicar a fazer três coisas que ela mais gostasse. Mesmo sem querer muito, ela topou visto que havia me relatado que o namorado não mandava muitas mensagens, ou seja, ela tinha tempo de sobra. Três dias depois ela me mandou a seguinte mensagem:


"Oi Vanne, desculpa vir aqui só hoje, mas eu esqueci de você... Quero agradecer pela dica. Eu tirei o dia pra mim, dei banho nos meus cachorros, assisti todas as minhas séries atrasadas e comi uma pizza sozinha sem culpa. Pode parecer besteira, mas foi importante eu me desligar de tudo por um dia. Não passei aqui antes porque terminei com o meu namorado. Olhei as suas fotos e desejei fazer um ensaio sensual. Me amei profundamente e estou extremamente feliz com a minha perereca beiçuda. Confesso que tem uma parte de mim bem triste, mas estou muito feliz porque reencontrei a outra parte que está me dando forças para continuar. Não tem nada de errado comigo e nem com a minha perereca, muito obrigada pela ajuda."


Posso dizer que fiquei muito feliz com tudo aquilo, mas também sei que ela ainda vai enfrentar muitas dores. Porque na real é o que acontece: nós enfrentamos coisas difíceis o tempo inteiro, seja nos relacionamentos ou fora deles.

O que realmente importa aqui é a capacidade que temos de sermos o verdadeiro amor de nossas próprias vidas. Ninguém tem o direito de nos diminuir, pior, de diminuir a nossa florzinha, ou até mesmo você, meu amigo, ninguém tem o direito de diminuir o seu guerreiro seja ele como for. O que importa aqui, meu caro leitor e minha cara leitora, é que o amor existe e ele é de dentro pra fora. Ame a sua vulva! Ame o seu pênis! Do jeitinho que são. Claro que se você quiser mudar algo cirurgicamente está tudo bem, desde que isso seja uma vontade sua, que venha de você, não de outros. Se ame! Se toque! Se curta! Se aproveite ao máximo que puder e quiser. Ainda vale lembrar, que relacionamento abusivo, além de ser uma sacanagem ridícula, também é crime.

Com Carinho,

Vanne Costa.


#vulva #tiposdevagina #tiposdevulva #partesdavagina #partesdavulva #anatomiadavulva #vulvafeminina #maratonadaautoestima

0 visualização

Quanto o nosso conteúdo modificou a sua vida?

A Equipe Sexsência é composta por 6 profissionais que dão seu máximo para a produção de conteúdo nas redes sociais, nas matérias da revista e na produção das lives com entrevistados. 

Nós trabalhamos de forma colaborativa e sem pro labore. 

Apoie o nosso trabalho para que continuemos levando a você conteúdo de qualidade com muita criatividade. Basta apontar o leitor de QR Code de seu celular para contribuições pontuais ou escolha nosso crowdfunding mensal. 

© 2020 by Sexsência

Crowdfunding

Em breve