• Sexsência

Sexo anal, dói?

O Sexsência está a ponto de completar dois anos no Youtube e nos próximos posts vou colocar os roteiros da temporada que mais bombou: a do anal! Por que será, né?! Choveram perguntas. Adoro!!! E rolou uma tempestade boa de abertura de corações e gente assumindo que gosta mesmo! Uau! Sexo anal faz parte da vida sexual, de fetiches e também de tabus e dentre eles o que vem acompanhado com a famosa pergunta: sexo anal dói? Para começar, o ânus é um órgão altamente inervado e, quando estimulado pode causar dor ou prazer. Aí você vai me perguntar: qual a probabilidade de causar mais dor ou mais prazer? E eu respondo: não sei. Não há. O que existe são estatísticas que mostram que hoje, no Brasil, 46% das mulheres praticam sexo anal. Mas até aí, nada que nos ajude pois a pesquisa não revela se inicialmente sentiam dor ou não, então esqueça os números e também o que os outros sentem e foque em você. Se você nunca fez e sente curiosidade. Ótimo. Sinal de coração aberto e vontade de experimentar coisas novas. No início, pode doer, pelo simples fato de que você nunca fez. Mas, se deseja entrar na experiência sem dor, você pode se preparar antes, tanto fisicamente quando psicologicamente. Há estimuladores e vibradores próprios para o ânus. Ou então, use seus dedinhos mesmo, mas... aconselho a usar lubrificante tanto no ato quanto na masturbação. Obvio! Ah. E verifique a qualidade desses produtos para que não te causem alergia. Os mais indicados são os lubrificantes à base de água, mas estes são absorvidos rapidamente, então não pense duas vezes em reaplicá-lo várias vezes durante o ato. Existem ainda lubrificantes à base de silicone que deslizam muito mais facilmente e podem ser usados com preservativos também. Cuspe pode? Eu aconselho a não usar a saliva na hora H porque não lubrifica adequadamente e somente o seu uso pode causar micro-cortes que, sem o tratamento e a higiene corretos, podem acabar infeccionando a região. Agora vamos cuidar dos tabus para que você se prepare para o ato. Sexo anal não é sujo do ponto de vista psicológico, não é pecado e nem vai alterar a sua dignidade de mulher e muito menos vai te tornar submissa. Não force a barra para agradar seu parceiro. Esse papo de cu de Natal, cu de aniversário, cu de Dia dos Namorados, ou a dúvida "será que ele merece?" não pode ser levado em consideração. Quando sentir dor, pare! Se na masturbação você sente prazer e com ele não, então proponha um diálogo e peça que ele assista ao vídeo de quinta que vem! Há riscos sim de ocorrer lesões no ânus e no reto, pois é ali que o pênis do seu parceiro vai brincar, mas... só se ele não respeitar o seu limite de dor. Você precisa querer muito e estar muito excitada. Sexo anal não faz mal e não causa dor de barriga, hemorroidas, não vai alargar seu ânus, não vai alterar a sua rotina intestinal ou provocar complicações na região. Não há contraindicações. Mas use preservativo, pois os riscos de infecções sexualmente transmissíveis são os mesmos da penetração vaginal. Outra recomendação, não se empolgue e permita que a mesma camisinha usada para o sexo anal escorregue para o sexo vaginal pois pode haver contaminação cruzada... Ou seja, bactérias do ânus vão para a vagina e você pode desenvolver vaginite ou infecção urinária. A mesma recomendação serve para os casais de lésbicas. Se colocar o dedinho ou o vibrador no ânus da parceira, não pode colocá-lo em seguida na vagina. O bom mesmo é usar camisinha e trocá-la de um sexo para o outro.

Se, você sentir que seu intestino está cheio, evite o sexo anal, pois a penetração vai estimular que você coloque tudo para fora. Aviso logo! Depois do sexo, água e sabão. No terceiro texto sobre o tema eu vou falar sobre a lavagem, mais conhecida como chuca. Outro mito: sexo anal não engravida. O esperma não navega de uma região a outra. E o reto não tem ligação alguma com seu aparelho reprodutor. Agora você me pergunta: o pênis do meu parceiro é enorme, vou sentir dor? Não necessariamente. Inicialmente causa maior desconforto sim, mas o ânus é musculo e com carinho e muita excitação, ele acaba se adaptando a qualquer tamanho de pênis. Quando ele penetra sem complicação, no reto é só alegria. Outro detalhe importante: o ânus é composto por dois esfíncters (músculos), o interno e o externo. A contração do interno é involuntária e depende dos seus sentimentos de medo, ansiedade e culpa... Se eles estiverem com você no ato sexual, o ânus não relaxa para a penetração de jeito nenhum e você vai sentir dor a ponto de odiar a primeira experiência, logo, leia e releia este texto se preciso for para que leve somente sentimentos positivos para a cama. E por último: vou sentir orgasmo?! Sim!!! Embora o orgasmo anal não exista, a parede do reto fica coladinha à parede vaginal e isso vai estimular o clitoris dentre outras coisas. Mas, não tenha pressa, pois esse é tema para outra temporada. Ufa! Não sei se respondi tudo, mas você, mulher, se tiver alguma outra dúvida mande para sexsencia@yahoo.com. Agora você que é um rapazinho homossexual, não fique chateado comigo. Vou falar sobre o sexo anal masculino nos próximos textos: prazer anal é coisa de homem sim! Gratidão por me ler e não perca o próximo texto, pois eu vou ensinar aos homens a como tratar com delicadeza o nosso cuuuu... Ah! Cópula a tergo! Marianna Kiss Como especialista em sexualidade eu atendo dúvidas sobre: identidade de gênero, orientação sexual, autoestima e disfunções e inadequações sexuais, de segunda a sábado on line e você pode me procurar no sexsencia@yahoo.com. Ah! Me acompanhe também nas redes sociais, no Instagram estou como @sexsencia e @mariannakisskiss e no youtube.com/sexsencia. #amoesexo #especialistaemsexualidade #sexoanaldoi #prazeranal #orgasmoanal

0 visualização

Quanto o nosso conteúdo modificou a sua vida?

A Equipe Sexsência é composta por 6 profissionais que dão seu máximo para a produção de conteúdo nas redes sociais, nas matérias da revista e na produção das lives com entrevistados. 

Nós trabalhamos de forma colaborativa e sem pro labore. 

Apoie o nosso trabalho para que continuemos levando a você conteúdo de qualidade com muita criatividade. Basta apontar o leitor de QR Code de seu celular para contribuições pontuais ou escolha nosso crowdfunding mensal. 

© 2020 by Sexsência

Crowdfunding

Em breve